De Santos e Pastores

Foram anos de poemas declamados no colégio de freiras e de outros tantos a retalhar versos como se fossem só uma aglomeração de a-b-b-a e sinédoques – que identificamos com o mesmo entusiasmo de quem decora a lengalenga do teorema de Pitágoras. Até que um dia, depois todo este ruído, conheci o mestre Caeiro, e…

Read More

A Página em Branco

O terror. Começar por onde, em que ponto? E se me engano…? E se aquilo com que preencher o espaço em branco for mau? Pior: e se for medíocre? Todo este potencial manchado. A infâmia…! Pelo menos é o que entendo dos infinitos relatos sobre o medo da página em branco. Não o sei descrever…

Read More

Hoje o mar sou eu

É a sina de qualquer aprendiz: antes de se conseguir criar obra nossa, passamos eternidades a copiar (muito) os que já o fazem. Para perceber como se chega lá, para exercitar os músculos até conseguirmos andar sem as rodinhas de apoio. Os desenhos por aqui começaram depois dos 30 e, só muito recentemente, a surgir…

Read More

Mais, por favor

Quando era pequena, o meu pai tentou (exaustivamente) convencer-me a ter aulas de aikido. “Não quero! Quero ser bailarina!”, protestava eu. “O aikido é quase uma dança,” argumentava o meu pai “vais ver que vais gostar.” Mas a Marta de 8 anos não queria saber. A Marta de 8 anos queria era lantejoulas, dançar em…

Read More

O Pai

em·pa·ti·a (grego empátheia, -as, paixão) substantivo feminino Forma de identificação intelectual ou afectiva de um sujeito com uma pessoa, uma ideia ou uma coisa (ex.: a empatia entre os voluntários e a população local era evidente; assistimos à perfeita empatia entre piano e violino). in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa   Esta semana, a Associação…

Read More