Book Review: Cloud Atlas

Summary: Souls crossing ages like clouds cross skies. And Robert Frobisher wins my heart. Some book adaptions work so well that you’ll flutter towards the source material. Others are not as fortunate but, if the story is good, some will pick up the book to see what it’s all about. For me, Cloud Atlas, the […]

Read More

Margaret Atwood’s MyThologies

What do you do when Margaret Atwood comes to your country for a talk, but she’s doing it more than 300kms away from your city and on a school night? You ask for the Friday off work and travel 300kms, of course. Every year since 2014, the city of Porto hosts the wonderful Fórum do […]

Read More

De Santos e Pastores

Foram anos de poemas declamados no colégio de freiras e de outros tantos a retalhar versos como se fossem só uma aglomeração de a-b-b-a e sinédoques – que identificamos com o mesmo entusiasmo de quem decora a lengalenga do teorema de Pitágoras. Até que um dia, depois todo este ruído, conheci o mestre Caeiro, e […]

Read More

A Página em Branco

O terror. Começar por onde, em que ponto? E se me engano…? E se aquilo com que preencher o espaço em branco for mau? Pior: e se for medíocre? Todo este potencial manchado. A infâmia…! Pelo menos é o que entendo dos infinitos relatos sobre o medo da página em branco. Não o sei descrever […]

Read More

Hoje o mar sou eu

É a sina de qualquer aprendiz: antes de se conseguir criar obra nossa, passamos eternidades a copiar (muito) os que já o fazem. Para perceber como se chega lá, para exercitar os músculos até conseguirmos andar sem as rodinhas de apoio. Os desenhos por aqui começaram depois dos 30 e, só muito recentemente, a surgir […]

Read More

Mais, por favor

Quando era pequena, o meu pai tentou (exaustivamente) convencer-me a ter aulas de aikido. “Não quero! Quero ser bailarina!”, protestava eu. “O aikido é quase uma dança,” argumentava o meu pai “vais ver que vais gostar.” Mas a Marta de 8 anos não queria saber. A Marta de 8 anos queria era lantejoulas, dançar em […]

Read More

O Pai

em·pa·ti·a (grego empátheia, -as, paixão) substantivo feminino Forma de identificação intelectual ou afectiva de um sujeito com uma pessoa, uma ideia ou uma coisa (ex.: a empatia entre os voluntários e a população local era evidente; assistimos à perfeita empatia entre piano e violino). in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa   Esta semana, a Associação […]

Read More