A Página em Branco

O terror. Começar por onde, em que ponto? E se me engano…? E se aquilo com que preencher o espaço em branco for mau? Pior: e se for medíocre? Todo este potencial manchado. A infâmia…! Pelo menos é o que entendo dos infinitos relatos sobre o medo da página em branco. Não o sei descrever […]

Read More

On why literary snobbery is meadow muffins

Once upon a time, I ran into a work colleague who had his nose stuck in a book. If there is one thing book-lovers have in common (other than the love of reading), is our cat-like curiosity about the books someone else is currently having an affair with. So I asked him what he was […]

Read More

Premier PC-440

2018 foi o ano em que amigos fantásticos me despacharam uma série de máquinas fotográficas de bolso, com as quais tenho cegado temporariamente as pessoas da minha vida. Depois da máquina sem marca (aka Máquina Chunga), segue-se a primeira fornada de uma Premier PC-440 que andava perdida num sótão algures e foi agora usada pela […]

Read More