Translations

O meu amigo Ricardo escreve umas coisas - bastantes e boas. Há poucos dias publicou, no seu cantinho virtual, um poema em que pede para não ser traduzido. O que me pareceu a oportunidade perfeita para exercitar os músculos de tradutora e pseudo-poeta. Sem mais demoras, aqui vai: My friend Rick (see what I did there?) … Continue reading Translations

Sylvia’s tree

Only the branches seem to grow and multiply - like Sylvia's tree. I should not depend on the wind as guide - it changes all the time. But the speed with which I need to grow (do I?) may well be the death of me. Shallow roots grow faster but never hold.