para pessoas que conheço e pessoas que conhecem pessoas

He had a theory that musicians are incredibly complex, and know far less than other artists what they want and what they are; that they puzzle themselves as well as their friends; that their psychology is a modern development, and has not yet been understood. E.M. Forster, A Room With a View

sempre foi a minha preferida

Because of the skin's ubiquity, its two square yards suffer the slings and arrows of fortune more than does any other part of the body. It survives our clumsiness, struggles with gravity, and deliberate violence. Abraded, bruised, even cut, it struggles to hold the insides in and the covering together. The very sensitivity that affords … Continue reading sempre foi a minha preferida

pim

A Aasha Rani é a personagem central do livro que ando a traduzir. A Aasha Rani é uma mulher-da-vida porque dorme com todos(as). A Aasha Rani é uma mulher-da-vida porque não me deixa dormir. Morra a Aasha Rani. Morra.

Vocês são crianças índigo

Por eu ter escrito um artigo sobre o tema, a autora deste blog recordou esta semana que pertence a uma geração conhecida como de crianças índigo. E o que são as crianças índigo? Sensíveis, intuitivas, criativas, algumas com capacidades paranormais, quase todas resistentes à imposição de autoridade e capazes de formular as suas próprias teorias … Continue reading Vocês são crianças índigo

Do it yourself best seller – As lições do Código da Vinci

Até o Jornal de Letras se rendeu e, na última edição, traz um estudo sobre este fenómeno editorial. Trezentos mil exemplares vendidos só cá em Portugal, é obra. E, pela experiência de quem o comprou, cada livro é emprestado a uma média de 4 pessoas que o devoram num instante. Confesso que li o livro … Continue reading Do it yourself best seller – As lições do Código da Vinci

Arthur C. Clarke – onde a religião encontra a ciência

O maremoto que assolou a Ásia e arrasou o Sri Lanka fez-me recordar o mais famoso habitante desta região, o muito britânico Arthur C. Clarke. A religião de que se fala no título não tem nada a ver com credos eclesiásticos. Religião é aquele sentir da unidade entre nós e tudo o que nos cerca, … Continue reading Arthur C. Clarke – onde a religião encontra a ciência

Se Shakespeare tivesse um computador portátil…

Há muitos séculos atrás, numa galáxia distante… melhor dizendo, antes que uma senhora inglesa se chateasse com o marido português e começasse a escrever longos livros chatérrimos sobre um adolescente imbecil chamado Harry Potter, o autor mais vendido em Inglaterra chamava-se Terry Pratchett. Claro que ser um top de vendas nada significa quanto ao valor … Continue reading Se Shakespeare tivesse um computador portátil…

enquanto o meu pai não escreve nada sobre o Pratchett…

(não quero, de forma alguma, que te sintas pressionado!) ...aqui vai uma citação do livro "Sorcery", que ainda não li, mas onde, pelos vistos, aparece novamente a Morte, aqui surpreendentemente sábia: "I meant," said Ipslore bitterly, "what is there in this world that makes living worthwhile?" Death thought about it. "CATS," he said eventually, "CATS … Continue reading enquanto o meu pai não escreve nada sobre o Pratchett…