they do

Love yourself if you want Cry a bit laugh a lot Throw a stone take a plane Start again Give yourself a chance not a nosebleed Have a course meet your friends Visit space Say hello to someone For the road you need one Make yourself Cry a dream Choose a song So that your […]

Read More

E se eu esquecesse as frequências e a faculdade e me dedicasse apenas a ler os livros que quero e a tocar piano? Não, pois não? Oh, well… just a thought.

Read More

how’s afraid of the big bad Vader?

Tinha uns 4 ou 5 anos quando fui ver O Regresso de Jedi ao cinema e apaixonei-me. Queria ter o cabelo da Princesa Leia, um sabre de luz e mover objectos com a mente. À medida que fui crescendo descobri que adoro homens vestidos de preto graças à luta final entre Skywalkers (tinha um fraquinho […]

Read More

afinal não…

… eu e a John não somos a mesma pessoa. Mas ela também usa saias compridas! 😀

Read More

Uma era de oportunidades

Estou na situação de uma criança gulosa que arranja emprego numa fábrica de chocolates. Um colega que, ao espreitar este site, descobriu que pai e filha são fãs do Pratchett, despejou-me a colecção toda do Discworld que lá tinha em casa. Agora, num desses livros, Moving Pictures, encontro um conceito que cito de cabeça: “Que […]

Read More

estreias

Quando fui para Inglaterra iniciei uma lista de primeiras vezes que acabei por pôr de parte quando voltei. Ontem um amigo lunar mostrou-me morcegos e a lista recomeçou.

Read More

este era para ter sido eu a escrever

Há muito tempo, numa galáxia muito, muito distante… o meu pai preparou um texto para o blog que começava da seguinte forma: Pela Galáxia fora, à boleia É uma sensação estranha ver anunciados trailers de filmes baseados em livros e revistas da nossa adolescência.. Revistas e livros que, na altura, eram totalmente desprezados pelos amigos […]

Read More